Um rolamento pode se danificar durante sua utilização, seja esta falha prematura ou falha por fadiga e/ou desgaste. É importante inspecionar a peça para que se consiga determinar o motivo do desvio, que pode ser por falha na lubrificação, aplicação inadequada ou até pelo próprio desgaste do aço.

Entre os principais fatores que podem ocasionar falhas no rolamento são lubrificação incorreta, onde o lubrificante, que tem por objetivo diminuir o atrito entre os corpos, manter a temperatura adequada e proteger o rolamento contra corrosão acaba não exercendo sua função, o que acaba fazendo com que o rolamento apresente falha, seja por temperatura ou por quebra devido ao alto atrito entre os corpos rolantes.

O desalinhamento do também pode ocasionar em falhas por quebra. O excesso de vibração devido ao desalinhamento faz com que a peça venha a se quebrar ou até prejudicar o funcionamento correto da máquina em que está aplicado.

A montagem incorreta de um rolamento também pode causar problemas. Todos os rolamentos têm seus métodos e suas ferramentas adequados para sua perfeita montagem e operação. Bem como também, na troca dos rolamentos, realizar a desmontagem de forma correta, afim de que a aplicação do novo rolamento não fique comprometida. É necessário cuidado na hora de montar e desmontar, para que o funcionamento da máquina seja perfeito e conforme especificações do fabricante.

Verificamos que a especificação correta do rolamento a ser utilizado, a montagem certa e a lubrificação ideal diminuirão bastante a possibilidade da aplicação apresentar falhas prematuras, sendo assim, existem algumas ferramentas SKF para montagem/desmontagem e os lubrificantes a serem utilizados em cada situação. Estas ferramentas e instruções podem ser encontradas na Ferramenta Virtual da SKF . Com esta ferramenta, será possível realizar a devida montagem para a perfeita utilização dos rolamentos, seus acessórios e lubrificantes.

Vitor – Vendedor